21.8.10

#1 LETTER TO YOUR BEST FRIEND

Nunca te escrevi uma carta, mas sei exactamente por onde começar. Ainda nem um ano passamos juntas mas sinto que já te conheço à uma eternidade. Entraste na minha vida como um relâmpago, mas na altura certa, sem questionares o porquê nem como. Foi tudo muito rápido. Na minha primeira aula de ballet no ano passado lá estavas tu, de maillot preto na mesma barra, mas mais atrás. Quando a aula acabou viraste-te para mim, no balneário, e perguntaste-me: "Vens na quarta-feira?". A partir desse dia tudo mudou, partilhámos alegrias, tristezas, segredos que nunca tínhamos revelado a ninguém e que nunca o iremos revelas. Brincámos, rimos, chorámos, mas nunca sem a sensação de cumplicidade que sentimos. Passamos por mais em menos de uma ano do que eu com pessoas que já conheço desde infância, que não me mostravam nem metade do que me mostraste e ensinaste. No final do ano actuámos no Teatro Maria Vitória, no dia 27 de Junho. Estávamos tão nervosas, mas quando entrámos em palco ficou tudo tão mais fácil, tudo tão mais leve, e quase me senti a voar ao teu lado. Podíamos não ser as mais bonitas, mas pusemos todo o teatro (que estava cheio!) a rir. E os aplausos...! Contigo a meu lado foi tudo muito mais fácil. Sei o que passámos pata chegarmos onde chegámos, o esforço que fizemos para que tudo corresse bem, o quanto nos dedicámos... Mas sabes? Valeu a pena!
Mesmo longe de ti nunca nos deixámos de falar, partilhamos emoções, momentos e sentimentos todos os dias. Se não fosses tu não sei onde tinha a minha cabeça a esta altura.

Obrigada Inês. Adoro-te por aquilo que és e não por aquilo que algum dia quiseram que fosses.

Conservar algo que te possa recordar seria admitir que te pudesse esquecer. (WS)

16 comentários:

luna disse...

acredita que sim.
no inicio é tudo muito bonito mas depois... deus me livre! xD

dança :')

MARGARIDA BELOTO disse...

ya, é isso mesmo. primeiro tu, depois os outros.

Candy disse...

que bem

que essa amizade dure mt

beijoquinhas querida

Amêndoa disse...

espero que seja mesmo como tu disseste...são fases...

Sofia Martins. disse...

Não é muito giro, mas gosto do estilo/maneira de pensar dele :b

Sofia Martins. disse...

Ele é muito irónico e sarcástico, o que eu acho que é muito charmoso (: e além disso, é um pouco nerd como eu, ahah.

luna disse...

olha que é mesmo,
eles agora querem é «comer» e deitar fora. (desculpa o termo)
mas quando quiserem uma coisa à séria vêm ter connosco e é isso que a tua avó quer dizer : )

aí fizeste isso?
que fofinha.
o problema é os transportes e conciliar com as aulas etc, etc..
é que não vivo mesmo no porto.

um dia quero ver fotos ou vídeos teus a praticar ballet ;)

MARGARIDA BELOTO disse...

não mesmo. sabes, eu percebi que ele já não me interessa. ainda gosto dele, mas já não quero saber.

MARGARIDA BELOTO disse...

adorei este texto *.*

Carla disse...

Eu sou daquelas que acredita que o "felizes para sempre" exista. Só depende de nós, da nossa entrega e da nossa dedicação. Portanto porque não? Acreditar é ter. :')

luna disse...

sabes?
do nosso tipo de raparigas agora há muito poucas..
sinto-me orgulhosa de ser uma delas,
e tu também devias-te sentir : )

oh gostava mesmo de ver,
parece ser engraçado.
aí tens tanta sorte.
quem me dera mesmo.

obrigada :)

luna disse...

gostei do teu sobre mim.
:)

Raquel disse...

é exactamente isso que sinto.. ainda sinto aquele "desejo indescritível" de o ter do meu lado.. mas estou a aprender a lidar com o facto de o sentimento já não ser mútuo.. Cada dia é uma luta.

também gostei, voltarei aqui :)

Danii disse...

Adorei! Estou a seguir :)

JoanaLuz disse...

n tens q agadecer:D ora entao e um codigo q tens q por lindaa:D mas aki eu nao consigo te enviar poki nao aceita..portanto das me o teu mail, q eu nem aceito aki, e eu mando te o codigo e explico te como se faz:D so ha esta maneira lindaaa:S

Mafalda Marques disse...

Gostei ^^