3.9.10


Sinto uma pancada no peito sempre penso no teu nome. Saber que estás tão longe faz com o que não me saias do pensamento, e nem sempre são coisas boas. Tenho medo por ti, por mim, não quero que te aconteça nada de mal. Visões horríveis assombraram a minha noite não me deixando dormir durante horas, assim como a maneira terrível como acordei. Não será falta de confiança em ti, muito pelo contrário, mas levo sempre os meus pensamentos muito a sério e nem sempre isso me ajuda a passar o tempo da tua ausência. Se soubesses o que me vai na cabeça meu bem, irias ficar um pouco chateado ou mesmo triste, mas é algo automático, surge assim, sem aviso, sem dizer nada a ninguém.
Ontem foi das piores noites desta semana, para além daqueles bichinhos irritantes que nos adoram picar enquanto dormimos me terem deixado toda marcada. E como os odeio não descanso até os matar a todos! Sou um pouco má, eu sei, mas tinha de descartar a minha raiva, angústia, medo e insegurança em alguma coisa, e vocês, melgas, estavam mesmo a jeito. Mas acho que não as matei todas, e por mais incrível que pareça acabei de olhar agora para o meu braço e tenho mais um sítio para coçar até à exaustão. Acho que não gostam mesmo de mim!...
Volta para mim, tenho medo que te aconteça alguma coisa, que te deixes levar por algo que depois te possas a vir a arrepender.

Primeiro dia sem ti, só faltam mais 4 dias...

14 comentários:

MARGARIDA BELOTO disse...

de nada minha querida (:

Carla disse...

Não tenhas medo.Vai correr tudo bem.^^
Está a demorara a chegar a estes lados mas pode ser que quando chegue seja de vez.:)

MARGARIDA BELOTO disse...

Quero dar-to sim senhora (: , vai lá buscá-lo!

łnn ۞ disse...

Adorei. Também ganhaste uma seguidora :)

Mafs disse...

Percebo-te tão bem querida !
Não me podia ter expressado de melhor forma como tu o fizes-te do que sinto cada vez que ele fica longe, é exactamente isso que disses-te, escreves tão bem (':
Às vezes acabamos por fazer uma tempestade num copo de água devidos aos pensamentos que nos enchem a cabeça e acabam por acertar no coração, e não é por falta de confiança (eles confundem sempre com insegurança ou o facto de não confiarmos neles) mas sim por medo de os perdermos, por aparecer alguém que os tire de nós. também pode ser por falta de confiança em nós próprias, mas na minha opinião tudo se trata de "amor", quando amamos alguém existem medos e receios desde que essa pessoa não esteja ao alcance da nossa vista. a saudade ajuda muito numa relação torna-a mais forte mas também enfraquece o coração por momentos levando-nos a criar estas imagens na nossa cabeça.
Beijinho vou seguir :D

Marta Sofia disse...

tu realmente tens textos fantásticos, e o melhor de tudo, estás a sentir um bocadinho do que eu sinto *.*

Sofia disse...

Adoro vir aqui ler e olhar por aí no teu blog *.*

Mantém.te ocupada, não penses e assim o tempo passa mais depressa :)
Isso das melgas ou lá o que sao mesmooooo chatas!

r i t a disse...

é a última luta que vou travar antes do veredicto final !

m disse...

como compreendo...

adoro, adoro a forma como escreves, és sempre tão querida, até pedes desculpa ás melgas xD

e a consciencia que tens... não pensas só em ti, so nos teus pensamentos maus, mas também no que ele poderia sentir se os contasses a todo o minuto. A paixão é egoista, o amor não.

é raro ler isto. adorei, adorei tanto. beijinhos princesa.**

A. disse...

a saudade é assim .. um beijinho*

rita disse...

tenho q agradeçer sim :) escreves lindamente!

rita disse...

muito obrigada, por tudo! grande blog (:

Nitinha disse...

Vou seguir ;)

jo disse...

a saudade sufoca-nos sempre. esta lindo