28.9.10

Tenho medo. Medo que a perfeição dos nossos dias se torne numa rotina que antes já fora escrita e pela qual já vivemos durante tempos que não quero recordar. Pode ser apenas o medo de um passado que se possa vir a tornar presente, de algo que nos fez mal e poderá vir a fazer novamente, mesmo sem o queremos. Não quero esquecer tudo o que passamos durante todo o tempo que estivemos afastados, tudo o que aprendemos longe um do outro e a maneira como fizemos que todos os momentos seguintes fossem pura magia.
Tu és único, e ninguém te poderá dizer o contrário, ninguém poderá deitar a baixo o teu melódico sorriso e o teu abraço caloroso que me aquece sempre que preciso sem nada dizer. Eu sei que passamos por situações e momentos de pura agonia e de esquecimento profundo, mas já passou meu bem, tudo apenas passou de um pesadelo que se atravessou no nosso perfeito sonho. E sabes? Fomos mais fortes que ele, e assim seremos até ao fim dos nossos dias. Contigo sou capaz de tudo, não podemos deixar que o que poderá vir estrague tudo aquilo que construímos, todo o nosso castelo encantado onde apenas nós fazemos parte dele.
Pode ser apenas medo, mas não deixes que seja real.

28 comentários:

Carla disse...

ADOREI ESTE POST *.*
Tenho a certeza que não.Nunca mesmo. =p

ana cristina disse...

tou completamente rendida as tuas palavras. tambem te estou a seguir*

Sofia disse...

Gostei das palavras do texto :)
Sim a serio, tem sido uma seca! Acabei a faculdade este ano em Junho. Agora ando à procura de trabalho mas não está fácil :s
Vais ver que quando menos esperares, já acabou as mudanças.

Carla disse...

Não tens que agradecer, é mesmo verdade. E como vês, não sou a única a achar. =p
Chateia o que quiseres, estou aqui para ti. =p

ana cristina disse...

oh minha querida, não tens nada que agradecer. e acredita, fazem muito sentido, pelo menos para mim :)

suellen cristina disse...

- tem toda razão! é claro que existe sim... só depende de você e ele :)pois se existe amor sincero entre os dois, somos forte o suficiente pra alcançar tudo! :)*

Adorei imenso este post! *.*

Sofia disse...

A serio? Não tinhas feito esta disciplina? Isso é chato ... Agora tens muito tempo para fazeres o que quiseres :p

Pois, arranjar trabalho está dificil por todo lado! :s se eu não encontrar nada na minha area, vou procurar outra coisa mas vai ser dificil porque eu tenho um pequeno problema ...

ana cristina disse...

mesmo que não se identifiquem com as tuas palvras, não têm o direito de acharem que és doida, não o sentem, nao sabem como o é. as tuas palavras são lindas :)

Nitinha disse...

Adorei*

Ju Fuzetto disse...

Tão intenso!!!

beijocas linda!!


bom restinho de semana!!

Joana Carvalho disse...

adorei, vao ao separador "info".. tem lá todos os sites de fotografias que estou registada :)

Joana disse...

o medo é o maior obstáculo do sucesso, portanto coloca-o de parte. adorei :)

Carla disse...

É mesmo, eu sinto o mesmo.*.*

É verdade, nem todas as pessoas merecem a mesma dedicação.Mas por vezes damo-nos demais e isso magoa.(:

rita alves • disse...

lindo!*
seguindo.

Mónica Sousa disse...

Tens um dos blogs mais bonitos que já tive a oportunidade de ver. Amo a música, amo todos os detalhes ao minímo tamanho da letra. Ah, pareces ser boa rapariga :)
E obrigada pelo que disseste, foste um amo Catarina, quando precisares, podes sempre falar, às vezes é melhor desabafar com um desconhecido. Acredita, fizeste um blog amigo (:

suellen cristina disse...

foi tao lindo o que você me escreveu! *.* obrigada meu doce! s2

João Lenjob disse...

Um Pouquinho
João Lenjob

Esperei por tanto tempo
Por tanto não soube por onde andou
Sonhei, sonhei, sonhei
Sem saber se ainda vivia, viria, sonhei
Se lembrava-me, um pouquinho, sonhei
Esperei por todos os dias que aconteceram
Até que retornou e não consegui encontrá-la em meus braços
Mas encontrava-se mais vivida, e, nada madura
Sem aquela inocência tão bela
E aquela pureza que parecia infinita
Sem a ternura que tanto me encantava
E a vontade de tê-la acabou
O sonho de reencontrá-la perdeu-se no que era
Assim foi-se você, assim que chegou.

Mesmo guardando um poquinho de você ainda sonho
E brinco de voltar ao passado
(Sem lembrar ou querer que tenha voltado ao presente)
E ficar apreciando sua verdadeira maturidade
A de ser jovem, saber amar, gostar com fidelidade
E só um pouquinho de falta de juízo
Mas com toda paz no coração.

Carla disse...

Pois,e mesmo verdade. E depois sofremos bem mais do que o necessario.Enfim..
A serio? Isso e mesmo fofo. *.*

Carla disse...

Eu nao sei se o meu comentario ficou..a pagina crashou de repente..Se no tiveres recebido diz-me querida. =)

Sofia disse...

Ah pois. Agora vais fazer e para ano ja estas na faculdade :)
O meu curso foi Lingua Gestual, sou professora. O problema que tenho é que sou surda. Às vezes para arranjar um trabalho qulquer so para desenrascar é um bocadinho dificil devido ao problema que tenho :s

Joana Carvalho disse...

de nada querida!! (no coment anterior era "vai" )

ana cristina disse...

wooow obrigado por essas palavras tão reconfortantes. é bom saber que passo uma mensagem positiva para esse lado e que gostam do que lêem :)

rita alves • disse...

obrigada, eu!
tens tuda a razão querida ;s

Mónica Sousa disse...

És uma pessoa com uma personalidade muito forte, estás a dar apoio a uma pessoa que não conheces, és mesmo querida. Sabes, eu também estou aqui, e terei sempre todo o prazer em te ouvir. Quando precisares, vou estar aqui e prometo não te desiludir princesa :)

jo disse...

adorei! muito obrrigada, mesmo. sim, as vezes basta acreditar pq os sentimentos e as emoçoes trazem muito do que não se espera. mas, é que, ele começa a ser as vezes tão previsivel, a nossa relação tao previsivel, que deixo de acreditar em momentos unicos. nao sei. ja acreditei tanto em tanta coisa,nele e em nos, ja lutei e fiz por nos. tenho um medo tbm tal como tu. que isto seja sempre um ciclo de altos e baixos, constantemente. e eu nao sou feita para isso. mas enquanto amo, so sei acreditar. e so me vou limitar a isso, enquanto posso.

João Lenjob disse...

Muito obrigado querida!!!!

Os Teus Olhos
João Lenjob

Um verso tão nobre
Como brindar o olhar teu
Fazes de mim outro homem
Sempre abobado a te apreciar
A beber os teus olhos,
Saudades
O gosto dos teus olhos,
Encanto
Vou me embriagar com teus olhos
E esperar o anoitecer, deixar
A lua vai a passar e eu a apreciar os teus olhos
A chama aqui no peito e eu a apreciar os teus olhos
Tão claro que fiquei
Minha alma assim jorrei
E assim revi os teus olhos.

E pode acreditar, mas acabei de postar mais cinco poemas novinhos no blog. Beijos!!!

João Lenjob.

jo disse...

eu sei bem. e tento muito isso. o que me custa é nunca ver essa coisinha tao simples que falas. basta uma coisa simples, mas eu nao a vejo.enfim, deixa la

Sofia disse...

Pois eu sei como é. Tambem começo a ficar louca de nao fazer nada mas prontos ...
Sim nada é impossivel, vou tentando :)
A serio? A tua irma queria o curso de lingua gestual?
Eu gostava de tirar curso de psicologia, acho interessante ...