22.5.11

Nem sempre quero ser eu, nem sempre quero ser assim. Não quero ser aquilo que tu queres nem aquilo que tu precisas, mas sim o que a minha essência me diz para ser. Quero ser livre e gritar ao mundo o que sou, livre do preconceito das tuas palavras e dos teus pensamentos. Quero olhar e poder aproveitar aquela magnífica, mas apenas banal paisagem, que está diante de mim e gritar em plenos pulmões que daqui em diante não contrariarei mais a minha alma, farei com que ela controle e absorva todo o meu corpo com uma fúria nunca antes vista. 
Mas tudo isto é bonito demais para não ser impossível. A realidade é oposta ao pensamento e tu fazes com que seja submissa à tua presença, às tuas memórias e ao teu desejo. Não aguentas a diferença mas sim uma rotina que se tem vindo a absorver ao longo do tempo. Mas digo-te, só o faço para seres feliz, nunca para me provocar um único sorriso de alegria.
É pena que tu não sejas apenas uma pessoa.

27 comentários:

angélica disse...

oh nada disso princesa :p

Biia disse...

Podias ensinar-me? :c
É que eu não percebo nada daquilo mesmo x)

Denise disse...

adoro, como sempre :)

Lábios de Caprichos disse...

Devemos sempre ser Nós mesmos. Não precisamos mudar por nng, podemos sim, moldar-nos... aperfeiçoarmo-nos. *

Catarina disse...

Imagem linda, tatuagem SUPER linda o:
E adoro este teu texto! (:

Ésse. disse...

Eu também não consigo imaginar toda a gente com blogs, ia ser uma festa, não xDD

Ésse. disse...

Óh pá, agora até fiquei com vontade de seguir artes xD
Ainda vou a tempo, é só avisar a psicóloga xb

Mafalda disse...

Adorei!

Carla disse...

que saudades menina. :')
como estás? (:

Biia disse...

E como é aquela coisa dos temas?

Carla disse...

pois é, tu abandonas-me ás vezes. :P
Eu também estou bem, cansada mas bem. :)

inês disse...

exactamente :))

Biia disse...

E como fizes o design do tumblr? :x

Ésse. disse...

O pior era que depois iria ser difícil distinguir os bloggers que fariam disto rede social e os bloggers que estariam aqui para se dedicarem à escrita :s

Ésse. disse...

Eu sei que artes não é fácil. Se formos a ver, nada é demasiadamente fácil. Tudo tem dificuldades xD Temos é que escolher aquilo que gostamos mesmo senão nunca mais damos em nada.

Carla disse...

estava a brincar tontinha. :)
sim, tenho muitas frequências, muitos trabalhos para entregar. =/

Emmeline disse...

oh:') obrigada

raquel disse...

Estou a pensar em vários, para ter mais hipóteses de entrar.. Um deles é artes e humanidades, e outro de fotografia :)

oh, eu tb quero ir ver!

raquel disse...

Pois é isso, em termos de saídas profissionais é dificil... mas adorava! :D a sério? a que mais vais candidatar-te? :)

Carla disse...

sim, estou morta por ter férias. :)

Biia disse...

Mnada-me *-* eu não tenho jeito nenhum para procurar essas coisas

Carla disse...

nem me fales em directas, são umas atr'as das outras.ahah
mas desde que valha a pena eu não me importo.:)
Mas quero muito o verão *.*

Danii disse...

É verdade querida!
Percebo tão bem as tuas palavras $:

raquel disse...

Esses também parecem ser interessantes*
e porque não vais? :/

Rita disse...

Adorei (:

P.s: Podias por favor dizer-me o nome da música do teu blogue? É linda :)
Obrigada,
Rita

Carla disse...

Não estás em anónimo catarina. Pelo menos no comentário que me deixaste. :)
E sim, directas assim é que são fixes. :D

Rita disse...

De nada (:
Obrigada eu (:

É o meu filme favorito e não sabia que essa música era de lá xD
Tenho que a aprender no piano, é mesmo muito, muito linda! (:

Não faz mal. Por acaso a mim nunca me aconteceu mas caso venha a acontecer já sei o porque (:
Rita