10.10.11

Simplesmente fico da ignorância de um não saber que me consome a cada segundo que o relógio vai marcando, enquanto o dia passa por mim sem ainda saber se demasiado rápido ou numa lentidão sofrida. Se pudesse escolher ficava, ficava onde estou e deixava que tudo me levasse onde assim o desejasse, sem fronteiras para uma imaginação livre, para um pensamento fluido que já nem sei se ainda me poderá pertencer. Agonia de questões sem resposta fervilham na minha mente, e queimam todos os meus sorrisos, dando lugar apenas a falsos momentos de felicidade que tento acreditar que são mais realidade do que aquilo que realmente são.
Já não choro; as lágrimas secaram mesmo antes de pensarem em percorrer o meu rosto desprovido de qualquer alegria, mas mesmo assim luto por ela e tento encontrá-la onde nada existe para além de uma imensidão de vazio.
Já nem as palavras me soam, nem me apetece escrever, sinto-me oca, fraca, sem rumo, mesmo mostrando que tudo está sobre um controlo absoluto; e mesmo assim continuo a sorrir. Fraca e duvidosa alma que me persegue, poderás ao menos dar-me dois caminhos para escolher em vez de me deixares neste beco?

24 comentários:

▼ Danii disse...

Está mesmo muito bem escrito! Mas tenho notado que tens escrito muito de forma negativa e isso preocupa-me :x sei bem o que sentes e pelo que passas, mesmo que o mundo desabe sobre nós, temos sempre um sorriso a mostrar, mesmo a quem não merece.
Sê forte fofinha, mereces o melhor :)

▼ Danii disse...

Oh, não te sintas assim! Todos temos fases, estás numa má, mas isso vai passar.. vão acontecer coisas boas quando menos esperares e aí, vais olhar para trás e rir muito :) Não desistas de ser feliz fofinha *

Ana disse...

Tens toda a razão *

© hurricane disse...

minha querida, tens que ter força.
é difícil, mas tens a força dentro de ti tens de a ir buscar.
ergue a cabeça e sorri , por mais complicado que seja! :')

Carla disse...

Isso era o que eu queria. :D

andreia disse...

de nada, ora essa (:

▼ Danii disse...

Claro que é querida! Agora as coisas SÓ podem melhorar :)
tens todo o meu apoio, já sabes <3

raquel disse...

Ainda bem que gostaste! :p

raquel disse...

Ainda bem que gostaste! :p

raquel disse...

Também as minhas lágrimas já secaram há muito tempo, e estou vazia por dentro. Mas querida, não podes desistir. Se ainda procuras a felicidade, é porque tens esperança de a encontrar. Agarra-te a isso e luta pelo que mereces :)

Soraia Loureiro disse...

adorei *

Amêndoa disse...

espero bem que tenhas razão...

▼ Danii disse...

Oh, eu sei que sim meu bem :)

*ms. disse...

desde já adorei o texto que escreveste, assim como a maneira como escreves. mas também pareces desanimada e isso não pode ser. Nós mulheres, somos fortes!
Gostei muito das palavras que me disseste, e sei que mais cedo ou mais tarde, eu serei recompensada. dói, mas sigo em frente, o tempo não para nem há tempo para parar!

▼ Danii disse...

Ahaha, acho que não era capaz de me desfazer dela, mas claro que te convidava para ires lá :p

*ms. disse...

são as fases menos boas da vida. mas passam, assim como tudo. nada dura para sempre!

▼ Danii disse...

ahaha, grande ideia fofinha $: :p

Soraia Loureiro disse...

sem duvida minha fofinha

▼ Danii disse...

Claro, assim é que tem de ser :D

Daniela Oliveira. disse...

vou tentar não dar grande importância a isto. mas também gostava imenso de recuperar a nossa amizade. tipo, somos amigos na mesma mas não como éramos dantes :s
como faço isso sem que o coração interfira? ;o

Daniela Oliveira. disse...

vou tentar não dar grande importância a isto. mas também gostava imenso de recuperar a nossa amizade. tipo, somos amigos na mesma mas não como éramos dantes :s
como faço isso sem que o coração interfira? ;o

raquel disse...

Também eu acredito nessas duas coisas. Acredito que existe por aí alguém com quem vou ser feliz, mas que até o encontrar ainda vou ter de passar por muito. Achas que vamos mesmo encontrar esse alguém, um dia?

Amêndoa disse...

sim, estou a gostar :)
apesar das saudades de casa :x

Abigail Lea disse...

nao tens andado por aqui, e ja sinto a falta deste cantinho *