17.2.11

Não sei o que quero, não sei o que se passa comigo. É como se de um momento para o outro o mundo começasse a desabar e apenas houvesse um silêncio perturbador dentro dele. Não quero fazer nada, acordar já é um horrível castigo, a luz do dia mete-me nojo, só a noite trás a paz irreal ao meu coração é à minha alma, mas que rapidamente se desvanece...
Não quero viver num mundo assim, ou será mesmo que quero viver neste mundo? Fazes-me querer desaparecer para um sítio longe de tudo o que conhecemos. Metes-me nojo, chateias-me com todas as tuas coisas, não tenho paciência para ti! Mas o meu coração continua bem dentro da tua alma e isso faz com que a minha vontade de estar nos teus braços seja constante. É como algo perturbador mas necessário para mim, para nós. O meu coração continua a chamar por ti, continua a desejar-te, mas será que serei feliz?
Quero dormir...

1 comentário:

Danii disse...

Oh, obrigada minha linda $:
Ganhei uma digital, da Panasonic :)